Vantagens do treinamento em saúde em ambientes virtuais de aprendizagem

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn


Os ambientes virtuais de aprendizagem para a área da saúde podem ajudar a atender aos requisitos educacionais, podendo substituir de maneira viável as horas clínicas obrigatórias (conforme atestado pelo INACSL e SSH.org).

Além disso, em circunstâncias em que pode haver um risco aumentado de contaminação cruzada, infecção desenfreada e transmissão de patógenos de pessoa para pessoa (como, por exemplo, a nova doença de coronavírus de 2019 ou COVID-19), a capacidade de treinar remotamente oferece a educadores e alunos da área da saúde uma tremenda oportunidade de desenvolvimento educacional e profissional ao manter a proficiência clínica sem contato físico.

Aprendizado virtual na era da simulação

As tecnologias de simulação virtual – paciente virtual, aprendizado remoto, realidade aumentada e virtual (AR/VR), realidade mista, realidade combinada e / ou estendida oferecem uma variedade de vantagens únicas para educadores e facilitadores da área da saúde para aprofundar o conhecimento e fortalecer as habilidades processuais e de atendimento ao paciente de seus alunos, independentemente do local. Neste momento, a eficácia do treinamento em saúde por meio de tecnologias de realidade aumentada, mista e / ou virtual está sendo comprovada todos os dias.

Os educadores que adotam ambientes virtuais de aprendizagem (AVAs) como parte de um currículo são capazes de facilitar o aprimoramento da obtenção de habilidades, independentemente de onde seus alunos estejam fisicamente localizados.

No final de 2019, a COVID-19 apareceu e os educadores de todo o mundo foram confrontados com um novo desafio para o aprendizado. Como a doença do coronavírus é conhecida por se espalhar de pessoa para pessoa, a melhor maneira atualmente conhecida de minimizar o contágio e a propagação é evitando a exposição ao vírus.

A Associação Internacional de Enfermagem de Simulação Clínica e Aprendizagem (INACSL) e a Sociedade de Simulação em Saúde (SSH) emitiram uma declaração de posição sobre ‘uso da simulação virtual durante a pandemia’ em 30 de março de 2020. Nessa declaração, as organizações de simulação fizeram a seguinte afirmação:

“… Podemos atestar que a simulação virtual foi usada por mais de uma década com sucesso. Além disso, pesquisas têm demonstrado repetidamente que o uso de simulação virtual – experiências simuladas de assistência médica no computador – é um método de ensino eficaz que resulta em melhores resultados de aprendizagem dos alunos …
Com base na escassez atual e prevista de profissionais de saúde, propomos que os órgãos reguladores e formuladores de políticas demonstrem flexibilidade, permitindo a substituição de horas clínicas, geralmente concluídas em um ambiente de saúde, por experiências virtualmente simuladas durante a pandemia.
Ao apoiar esta maneira inovadora, porém eficaz, de ensinar como uma solução para atender à falta de horas clínicas de estudantes de profissões da área da saúde, os esforços educacionais continuarão sem problemas para a progressão nos estudos dos profissionais de saúde, tão necessários imediatamente para combater o COVID-19. “

Professores, instrutores e facilitadores de treinamento precisam estar cientes das muitas vantagens que os ambientes virtuais de aprendizagem (AVAs) têm a oferecer:

  • Reprodução conveniente sob demanda e repetida de cenários de treinamento que conservam recursos materiais,
  • Prática processual realista; desenvolvimento de habilidades psicomotoras; aprendizado sem riscos,
  • Realização de avaliações em vários domínios de aprendizagem, simultaneamente e / ou remotamente,
  • Sem restrições por limitações geográficas, os ambientes virtuais permitem que o aprendizado ocorra fora de um laboratório de habilidades ou de uma sala de aula (ou seja, por meio de plataformas de treinamento de simulação, como tablets ou computadores),
  • Os benefícios da tecnologia no treinamento só podem ser realmente alcançados se houver instrução orientada por especialistas que já utilizam os recursos educacionais mais inovadores e, por isso, têm expertise em como aproveitar todos os recursos oferecidos pela educação em ambientes virtuais.

A Civiam oferece diversas ferramentas para o treinamento em ambientes virtuais, como o CAE Learning Space, o paciente virtual Body Interact, entre outros.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *