Outubro Rosa: uma importante campanha de conscientização à prevenção ao câncer de mama

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn


Outubro Rosa é um movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama, criado no início da década de 90 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure. No Brasil, a comemoração foi instituída pela Lei nº 13.733/2018 com o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença; proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.

Neste ano, a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) lançou o movimento de conscientização “Quanto antes melhor”, cujo objetivo é chamar a atenção para a prevenção do câncer de mama com a adoção de um estilo de vida saudável no dia a dia, com a prática de atividades físicas e boa alimentação. Além disso, a SBM quer reforçar que há muita vida após o diagnóstico de câncer de mama e que o cuidado com a saúde feminina deve ser redobrado, principalmente em tempos de pandemia, em que o rastreamento e o tratamento foram prejudicados e ainda estão sendo retomados.

O câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres, no Brasil e no mundo, correspondendo a cerca de 29,7% dos casos novos a cada ano, segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer). É causado pela multiplicação desordenada das células da mama. Esse processo gera células anormais que se multiplicam, formando um tumor. Há vários tipos de câncer de mama. Alguns têm desenvolvimento rápido, enquanto outros crescem mais lentamente. Esses comportamentos distintos se devem às características próprias de cada tumor.

Como na maioria dos casos o tumor localizado na mama se desenvolve de forma progressiva e rápida, a realização de exames de mamografia e check-ups frequentes indicados pelo ginecologista são importantes para o diagnóstico precoce da doença, aumentando, assim, as chances de cura da paciente.  Segundo dados do Ministério da Saúde, quando os tumores estão nos estágios 1 ou 2, as chance de cura vão para 90%, enquanto quando o diagnóstico é tardio (tumores em estágios 3 ou 4), caem para 40%. Por isso, é importante realizar os seus exames periodicamente.

Além disso, a presença de alguns dos sinais nas mamas podem ser indicativos da doença, como nódulos/caroços, vermelhidão ou inchaço dos mamilos, pele enrugada com aspecto de casca de laranja, saída de secreção transparente ou avermelhada pelos mamilos; alterações ou feridas nos mamilos e até mesmo nódulos/caroços nas axilas ou no pescoço.

Por isso, é extremamente importante que os profissionais da área de saúde estejam preparados para detectar todos os sinais alterados que as mamas das pacientes venham a apresentar para que seja feito o correto diagnóstico precoce do câncer de mama.

A Coleção de Mamas com diversas patologias (BHTT) é uma ferramenta fundamental nesse aprendizado dos estudantes: são 10 mamas em quatro tonalidades de pele, que abordam mais de cinqüenta patologias inerentes às condições comuns de saúde da mama relacionadas não apenas ao câncer de mama, mas à saúde geral das mamas, além de condições inerentes à gravidez e lactação. Entre elas estão: dermatite de contato, eczema, herpes zoaster, lesão ou descoloração do mamilo, Glândulas benignas de Montgomery, trauma por bombeamento, crosta ou camada de leite de bombeamento exclusivo, papiloma intraductal, além de diversas outras. Confira no vídeo abaixo:

Ou conheça mais sobre esta ferramenta em nosso site:

O software simulador de paciente virtual Body Interact conta com cenários de pacientes com câncer de mama e também é uma excelente ferramenta de estudo para os alunos, já que simula um paciente real e analisa a conduta e tomada de decisão. Saiba mais sobre o software de paciente virtual: 

Fontes:

http://bvsms.saude.gov.br/ultimas-noticias/3309-quanto-antes-melhor-outubro-rosa-mes-de-conscientizacao-sobre-o-cancer-de-mama

https://www.inca.gov.br/numeros-de-cancer

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *